O que é e como fazer Stopover: veja como visitar duas ou mais cidades

como fazer Stopover

Stopover é  a melhor estratégia para quem pretende visitar 2 ou 3 lugares diferentes e pagar apenas o valor de uma passagem. Funciona em diversas companhias e vale muito a pena para quem fará um tour na Europa. Quer ver como funciona? 

O que é Stopover? 

Atualizado em 2020

Stopover é a parada que fazemos em um aeroporto para trocar de avião. Essa parada (na qual fazemos uma conexão) pode durar 1 hora, 2 horas, 4 horas e por ai vai!

Quem viaja sabe bem a tortura que é uma conexão. Eu já cheguei a aguardar 4 intermináveis horas passando frio no aeroporto de Barrajas (na ida e na volta) e até uma madrugada inteira no aeroporto de Assunção.
O stopover elimina exatamente isso!

Ao invés de aguardar horas um novo avião, você pode aguardar alguns dias e, assim, aproveitar um pouco a cidade deste aeroporto (que pode ser, pensando na Europa, Amsterdã, Madrid, Roma, Milão, Paris, Londres, Lisboa, Frankfurt e etc).

Salve este post no Pinterest para encontrá-lo quando precisar!
😉

Stopover serve apenas para conhecer países diferentes ou também cidades diferentes?

Eu estou mais habituada a programar Stopover na Europa. Como o continente é “pequeno” com diversos países também pequenos, podemos tratá-los como se fossem cidades.

Pense no stopover como uma conexão longa, que pode ser feita até mesmo dentro de um mesmo país.

Dou um exemplo. Certa vez, uma aluna me contou sobre como seria a viagem para a Itália. Um ex professor de italiano lhe disse que Florença era a melhor cidade para ficar, pois estava entre as cidades do norte e Roma.

De certa forma é verdade, e com isso, ela comprou a passagem de ida e volta para Florença (Firenze), viajando pela Alitalia.

Quando me sentei com ela para ajudá-la a montar o roteiro, entramos em um conflito: ela queria visitar Roma e Napoli (ao sul de Florença), mas também a cidade do avô, ao norte, perto de Padova. E faria tudo isso em 13 dias.

Em um determinado momento, perguntei se ela iria para Florença a partir de Roma e ela disse sim.
O voo dela chegou por Roma, fez uma conexão de algumas horas, seguiu até Florença e depois de alguns dias, ela voltou para Roma de trem para depois retornar a Florença e pegar o avião que voltaria para Roma.

Entenderam o que ela fez e o que ela poderia ter feito se conhecesse melhor o Stopover?

Ela poderia ter comprado a passagem de ida SP – Florença, com stopover (conexão) de 4 dias em Roma. Depois de conhecer Roma e Florença, poderia ir até Veneza (e comprar o bilhete de volta Veneza – SP), ou poderia ter descido até Nápoles (e comprar a volta Nápoles-SP). 
Tudo isso pagando apenas 1 passagem de ida e volta. Ela evitaria usar trens pela cidade e inclusive ir e voltar para a mesma cidade de destino (no caso, Roma).

 

Então… como fazer Stopover?

Primeira coisa a se pensar é que o Stopover é feito dentro de uma mesma companhia. Se você quer ir apenas para a Itália, deverá fazer isso com a Alitalia.
Se pretende ir para a Itália, mas fazer o Stopover em Paris, deverá fazer a combinação usando a Air France. Como a Air France e a KLM atuam juntas, você pode chegar por Amsterdam, ir para Roma e conseguir um voo para o Brasil que pare em Paris.
Essa mesma combinação você pode fazer com a Espanha e o Reino Unido, viajando com a Iberia / British Airlines.

Mas vamos para o exemplo prático:

Se você comprar uma passagem SP-Florença, a companhia não tem como adivinhar que você também quer conhecer Roma e ficar uns 4 dias lá, certo?
Você precisa “avisá-la”!
Como? Comprando passagens para múltiplos destinos.

Para fazer esse stopover, entre no site da Passagens Promo (parceiro aqjui do blog) e clique na opção de múltiplos destinos.

Depois informe seu destino, como neste exemplo e clique em pesquisar
1° voo: SP – Roma (x dias)
2° voo: Roma – Firenze (x dias)
3° voo: Firenze (ou qualquer outra cidade italiana) – Roma
4° voo: Roma – SP

ps: O Turistando.in sofreu um ataque hacker e perdemos todo o conteúdo (inclusive os backups recentes jà estavam comprometidos).
Por sorte, tinhamos um backup de 2018, mas perdemos todas as fotos dos posts escrito apòs isso. No caso deste post, havia aqui uma imagem de uma pesquisa feita pelo buscador do Passagens Promo (Passagens Promo – eles repassam uma parte da comissão deles para o Turistando!) e como estamos no meio de uma pandemia, nao consigo simular novamente um belo Stopover para demostrar aqui.  

 

E a passagem sai mesmo de graça usando Stopover?

Depende da companhia e do tempo de stopover, mas normalmente sim! Você apenas pagará a diferença da taxa de embarque (que é menor em uma conexão) ou a diferença de valor de algum voo (pode ser que você escolha um voo mais caro que não estava previsto na primeira pesquisa).
Ahhhh… o tempo de duração do stopover pode variar de acordo com as regras da companhia.

Vou mostrar o exemplo que fiz anos atrás para minha aluna.  A simulaçao foi feita com um voo da Alitalia para Florença com parada em Roma e depois com stopovers:

A diferença de preço dos voos simulados acima foi praticamente de R$ 56,00.

Também simulei no passado um voo com a KLM e AirFrance para Berlim e depois com stopovers com parada em Amsterdã e Paris.

Fiz duas simulações:
Uma por Paris, mas sem parada (diferença de praticamente de R$ 50,00).
E outra com uma parada de 3 dias em Paris (diferença de praticamente de R$ 150,00)!
Clique nas imagens acima para ver direito.

Consigo fazer outras combinações de stopover?

Sim, desde que você continue usando a mesma companhia (ou alguma que seja coligada).

Pensando no meu exemplo de Berlim. Eu poderia ter pego um trem de Berlim até Praga e de Praga ter pegado o 3° voo para Amsterdã! Ficaria assim:

1° voo: SP – Amsterdã
2° voo: Amsterdã – Berlim
3° voo: Praga* – Amsterdã
4° voo: Amsterdã – SP

* ou qualquer cidade que a KLM voasse

Mas não para por aì! Você pode usar as empresas coligadas. A KLM e a AirFrance operam juntas. O mesmo ocorre com a Iberia e a British Airline.

Vou continuar com o exemplo da KLM. Veja essa combinação:

1° voo: SP – Amsterdã (com a KLM)
2° voo: Amsterdã – Roma (com a KLM)
3° voo: Roma – Paris (com a AirFrance)
4° voo: Paris – SP (com a AirFrance)

Isto é, existem muitas possibilidades. Você terá que testar as datas e ver quais se encaixam perfeitamente para fazer stopover.

 

Tem mais outra vantagem fazer Stopover?

O fato de pegar um outro voo e não pagar por isso já é fantástico, mas tem um outro quesito bem interessante: a franquia de bagagem.

Digamos que você compre uma passagem para Madrid e depois de 10 dias você compre uma passagem para Roma.
Você não apenas pagará o valor cheio da passagem Madrid – Roma, como também estará sujeita à franquia de bagagem interna (veja as regras de cada companhia).

Por mais que Espanha e Itália sejam países diferentes, dentro da União Europeia os voos são considerados domésticos. E se você  decidir pegar uma empresa Low Cost, você deverá pagar pelo despache. Superando o valor da franquia doméstica, deverá pagar a diferença (isso ocorreu anos atrás com uma amiga minha).

No entanto, se você decidir fazer stopover, os voos internos serão considerados internacionais e você usará as regras de franquia de um voo internacional.

Mas stopover só rola na Europa?

Claro que não! Você pode fazer isso com todas as companhias que te oferecem voos com conexão, desde que você compre a passagem com a opção Múltiplos Destinos!

Por exemplo, se você vai para Machu Picchu, terá que parar em Lima e ali pode ficar uns 3 dias; Se for para Ushuaia, deverá parar em Buenos Aires e, se quiser, ficar mais uns 3 dias na capital portenha; Se for para NY, pode quem sabe parar em Miami e assim por diante.

Gostou do post? Que tal nos ajudar sem gastar nada?

Quer nos retribuir sem gastar nada? Programe sua viagem usando um de nossos links de afiliados, pois parte da comissão vem para nós e é isso que nos ajuda a manter o blog sempre atualizado. Quando for reservar teu hotel pelo Booking, não use o navegador ou um app. Use um de nossos links aqui no blog (no post ou na lateral). E se tiver que cancelar, volte aqui para remarcar .

Mostre o mapa de reservas

Você também nos ajuda quando compra uma passagem aérea, quando aluga um carro, compra um chip internacional ou reserva algum ingresso online pela Tiqtes ou pela Get Your Guide. Você fura as imensas filas, não perde seu tempo e nos dá uma super força.

E não se esqueça de seu Seguro Saúde. Temos parceria com a Seguros Promo. Eles oferecem uma boa gama de seguradoras e valores mais baixos para o seu seguro. Usando o cupom TURISTANDOIN5, você pode obter até 10% de desconto.

Aproveite e siga o Turistando.in nas redes sociais e clique no círculo abaixo para salvar este post no Pinterest:

Pin do Pinterest

About Juliana (www.turistando.in)

Mãe do Léo, professora de italiano e apaixonada pelas maravilhas do mundo. Viajaria mais se o dólar estivesse mais baixo!

42 thoughts on “O que é e como fazer Stopover: veja como visitar duas ou mais cidades

Deixe aqui teu comentário :)