Visitando o castelo de Praga: o maior castelo do mundo

Visitando o castelo de Praga: o maior castelo do mundo

O castelo de Praga

A maior atração da cidade certamente é o castelo de Praga (Prazsky hrad em tcheco), presente no bairro de Malá Strana e considerado o maior castelo medieval (com cerca de 45 hectares) e um dos mais antigos do mundo (datado do século IX).
Mas não vá com sede ao pote, achando que entrará em um conto de fadas!
Rs

Por algum motivo, muitos palácios nesta parte da Europa Central (incluindo a Alemanha) são chamados de castelos (para a nossa decepção) e é isso o castelo de Praga: um complexo de vários palácios e as lindas torres que vemos de longe (e na foto deste meu pin) são as torres da igreja de São Vito.

Salve este post no Pinterest para encontrá-lo quando precisar!
😉

Como chegar no castelo

Imagino que você esteja hospedado perto do centro da cidade, certo? Para chegar ao castelo, você precisa estar do outro lado do rio Moldávia e, para isso, precisa atravessar a encantadora Karlův Most ou ponte Carlos.

Você pode fazer isso com o bonde 22, ou ir a pé, conhecendo o bairro de Malá Strana (menos cômodo, mas mais legal).
Como o castelo está no topo da colina Hradcany, o caminho não será plano, mas não é nada impossível. Fizemos com o Léo no carrinho. Claro que, ainda bem que eu estava com o marido! Rsrsrsrs

Passeando pelo castelo de Praga

Um outro caminho possível é pegar a ponte Mánesův Most ou descer no metro Malostranská e subir pela “Antiga escadaria do castelo” (do lado oposto à entrada principal), que não me pareceu tão complicada (é uma rampa com algumas escadas), mas não a peguei!

Ao chegar em frente ao castelo, antes de entrar, admire a vista da cidade. Fomos em um dia nublado e com chuva, mas a vista ainda assim era imperdível!

O Castelo de Praga

Roteiro de 3 dias em Praga Visitando o castelo de Praga: o maior castelo do mundoComo disse acima, o castelo de Praga é um complexo de vários palácios de épocas diferentes em um único espaço.
Vi duas entradas: a principal (para quem chega passando por Malá Strana) e a que sai perto do Palàcio Lobkowicz (por Malostranská). Porém, pela imagem acima, é possível ver que hà outras duas entradas pelo jardim do castelo.

Se você fizer o caminho que fizemos (subindo pelo bairro de Malá Strana), chegará em frente ao portão principal (foto no início do post). Passará por dois saguões até chegar ao pátio principal do castelo com a igreja de São Vito, que te levará para todos os outros palácios do castelo..

Dentro, que parece ser um passeio através do tempo (aqui você encontra igrejas barrocas e góticas, vila renascentista e uma estufa supermoderna), há museus, galerias de arte, jardins, casas antigas e igrejas.
A entrada no complexo é gratuita e se paga apenas para entrar dentro dos palácios, igrejas, museus e jardim.

 

Preços 2019 e ingressos fura fila

A tarifa é dividida em categorias A, B e C, tendo a categoria B a mais interessante:

Circuito A: Catedral de São Vito, Antigo Palácio Real, exibição da “The Story of Prague Castle”, Basílica de São Jorge, Rua do Ouro (Golden Lane), a Torre Daliborka e o Palácio Rosenberg.  Valor: 350 CZK.

Circuito B: Catedral de São Vito, Antigo Palácio Real, Basílica de São Jorge, Rua do Ouro com a Torre Daliborka.  Valor: 250 CZK.
* Bilhete fura fila pela Tiqets e pela Get Your Guide
* Bilhete Tour Guiado + fura fila pela Tiqets e pela Get Your Guide

Circuito C: Exibição “os tesouros da Catedral de São Vito”  e galeria de fotos do Castelo de Praga. Valor: 350 CZK.

O ruim é que neste valor (em 2016) não está incluído o áudio guia. E eles cobram um valor absurdo: 450 CZK o dia (aproximadamente 16 €). Mais caro que o ingresso!

Horários: Aberto diariamente. Outubro a março: das 9 às 16hs. Abril a Outubro: das 9 às 17hs.

 

Fura-Fila:
 

O que visitar no Castelo de Praga?

  • A Troca da Guarda

Em todas as entradas do castelo, vocês verão alguns guardinhas parados lá na frente.
No dia que fomos, havia inclusive pessoas do exército circulando por lá (na foto ao lado dá para ver um deles  de costa. Um dia antes, havia ocorrido o atentado em Istambul, com 12 mortes, todos estrangeiros).

A troca de guarda ocorre de hora em hora, mas  se calhar, que tal aguardar para ver a cerimônia de troca da guarda, com direito banda e bandeira? Ela acontece diariamente ao meio-dia, em frente ao portão principal.

  • Catedral de São Vito, São Venceslau e Santo Adalberto (Katedrála sv. Víta, Václava a Vojtěcha)

Ao observarmos de longe (da ponte Carlos, por exemplo), ingenuamente pensaremos que aquela torre alta e sombria seja o castelo. Eu diria que aqui começa a ilusão, que terminará no momento que vocês estiverem na frente da igreja gótica de São Vito.

Esta catedral é imensa e vale a pena se distanciar um pouco dela para observá-la de longe a sua grandeza!
A entrada faz parte do circuito do castelo, nos circuitos A e B.

No seu interior se encontram, entre outras coisas, a Capela de São Venceslau com o seu túmulo, adornado com pinturas e pedras semipreciosas; uma cripta subterrânea onde estão enterrados os reis da Boêmia e a Câmara da Coroa, onde são conservados as “Joias da Coroa”. 

  • Antigo Palácio Real (Starý královský palác)

Ao sair da catedral, vocês verão o antigo Palácio Real que, até o século XVI foi a sede dos príncipes e reis da Boémia. Foi construído sobre as ruínas do palácio românico Soběslav.

O lugar mais importante é a sala de Vladislav (em estilo gótico), a maior sala laica de Praga medieval (1487-1500), lugar onde é realizada a eleição do Presidente da República.
A entrada para o palácio faz parte da visita ao Castelo de Praga.

  • Basílica de São Jorge (Bazilika sv. Jiří)

Atrás da catedral, vocês encontrarão outra igreja, a Basílica de São Jorge, considerado um dos mais importantes monumentos românicos de Praga e a segunda igreja mais velha da cidade, fundada em torno de 920. A curiosidade é que por dentro sua arquitetura é românica e a fachada por fora é barroca!

As duas torres da igreja atingem uma altura de 41 m. A torre sul, mais ampla, é chamada Adão, enquanto a torre norte, mais simples, é chamada Eva. A visita ao interior está incluída no ticket do Castelo.

  • A ruela de ouro (Zlatá ulička)

Mais conhecida como Golden Lane, o nome em inglês, é uma viela adjacente aos muros do castelo com casinhas minúsculas e coloridas que foram, segundo a lenda, habitadas por alquimistas que trabalhavam para o imperador Rodolfo II, o qual desejava descobrir assim o mítico elixir da juventude, como a Pedra filosofal.

No entanto, todo mundo vai atrás da casa número 22, onde cresceu escritor praguense Franz Kafka.

A rua também faz parte do circuito do castelo.

Fura-Fila:
 

  • Palácio Lobkowic 

Ainda seguindo o caminho para o final do castelo, encontramos o palácio barroco da família Lobkowicz, situado perto da saída que leva aos degraus do Castelo Velho. A curiosidade é que a propriedade é a única privada do Castelo de Praga (por isso, não faz parte do circuito).

Dentro, há uma exposição com muitas obras de arte (destaque para obras de Canaletto, Bruegel, Cranach e Velázquez) e objetos pessoais valiosos que pertenciam a membros da família Lobkowicz, como algumas partituras originais de Mozart e Beethoven. Hà também um café restaurante com um terraço que oferece uma vista incrível da cidade (The Lobkowicz Palace Café).

Assistimos o Midday Classic Concert ou, Concerto de Música Clássica no meio do dia, que é bem interessante (por ter menos pessoas assistindo, foi super tranquilo ir com nosso filhote).

Conhecendo o Palácio Lobkowicz

Ingressos fura fila para este palácio:
* Palácio Lobkowicz + áudio-guia: pela Tiqets e pela Get Your Guide
* Palácio Lobkowicz + Midday Classic Concert: pela Tiqets e pela Get Your Guide

About Juliana (www.turistando.in)

Mãe do Léo, professora de italiano e apaixonada pelas maravilhas do mundo. Viajaria mais se o dólar estivesse mais baixo!

2 thoughts on “Visitando o castelo de Praga: o maior castelo do mundo

  1. Olá Juliana. Irei visitar o completo no próximo mês. Poderia me informar se a visita sem adentrar os prédios é possível?Existe custo?

Deixe aqui teu comentário :)